Endereço
Av. Brasil, 2595 - Centro, Gov. Valadares - MG, 35020-070

6 maneiras de evitar acidentes do trabalho

6 maneiras de evitar acidentes do trabalho

Os acidentes de trabalho são a maior prova do quanto é necessário levar à risca o ditado que diz: “antes prevenir do que remediar”. Essa precaução deve ser ainda maior no Brasil, onde o número de acidentes é crescente. A vantagem, como veremos adiante, é que há formas de se evitar acidentes no trabalho.

Até para combater os números negativos que apontam o país como um dos mais perigosos do mundo para o trabalhador. Um levantamento do Observatório de Saúde e Segurança do Trabalho (SmartLab), da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e do Ministério Público do Trabalho (MPT) mostra números alarmantes que parecem ir na contramão das políticas de prevenção aos acidentes laborais. Só em 2021, foram 2,5 mil óbitos e 571,8 mil Comunicações de Acidente de Trabalho (CATs) – 30% a mais que em 2020. No acumulado dos últimos 10 anos, o país registrou cerca de 23 mil mortes e 6,2 milhões de CATs.

O alerta, é claro, vale principalmente para os trabalhadores que ocupam funções perigosas, mas isso não diminui a precaução das pessoas que atuam em outros ambientes laborais. Os riscos devem ser levados em conta, mas a responsabilidade muitas vezes tem maior importância na prevenção contra os acidentes.

Muitas pessoas acreditam que não estão sujeitas a acidentes de trabalho simplesmente porque atuam diante de um computador, por exemplo. Mas acredite: seja qual for seu ofício, vale a pena manter toda a atenção para evitar um acidente. Confira algumas dicas que devem ser obedecidas para evitar estar no lugar errado na hora errada:

1) Use os equipamentos de segurança

Capacete, botinas, luvas e coletes, dentre outros equipamentos de segurança, não são enfeites. Utilize todos esses instrumentos em seu local de trabalho. Além de ser disponibilizados pela empresa, eles devem estar em excelente estado. O uso desses equipamentos reduz impactos sofridos nas regiões protegidas, choques elétricos e outras ocorrências danosas à saúde.

2) Não faça mais do que sua função exige

Se você foi contratado(a) como recepcionista, não se aventure e não se disponha a executar a função de carregador, por exemplo. O trabalhador dispõe de um respaldo médico, a partir do exame ocupacional, para executar sua função de origem. Qualquer outro trabalho que fuja das suas atribuições pode exigir riscos para os quais você não foi avaliado. Até pela falta de experiência.

Por isso, não faça mais do que sua função exige e para a qual você foi contratado.

Até porque, vale lembrar, tarefas não previstas para o cargo que o trabalhador foi contratado configuram desvio de função, que não são permitidas por lei.

3) Seja prudente

Ser prudente é o mínimo que a própria empresa espera de você. Não se distraia durante o trabalho, principalmente se ele envolve algum tipo de risco à saúde. Evite realizar atividades paralelas que tirem a atenção, como usar o celular enquanto dirige ou conversar com um colega durante uma tarefa que exige atenção. Mantenha-se focado no que você está fazendo e fique atento às coisas ao seu redor.

4) Reduza o ritmo

Rapidez não é sinônimo de eficácia. Mantenha o ritmo reduzido, mas com a eficiência ligada na tomada. Execute apenas as tarefas que são de sua responsabilidade, e dedique-se a cada uma com cuidado, atenção e com o mínimo risco. Uma tarefa mal produzida, feita às pressas, pode resultar num acidente de trabalho grave. E pior: a vítima pode ser você.

5) Não lute contra o cansaço

Bateu o cansaço? Pare um pouco, tome um café, lave o rosto, alongue-se. A fadiga torna nosso raciocínio bem mais lento, e muitas vezes não percebemos. Se você sentir que está tendo dificuldade de fazer algo por estar meio “desligado”, pode ser um sinal desse cansaço. Pare por alguns instantes. Se sua função exige que você fique em frente a um computador, tire os olhos da tela por alguns minutinhos a cada hora trabalhada. Existem diferentes tipos de acidentes de trabalho, e um deles pode ocorrer graças a esse desgaste.

6) Faça tudo bem feito

Entenda o seu papel dentro da empresa. Mesmo numa grande corporação, com centenas ou até milhares de empregados, cada um tem grande importância na engrenagem, e um influencia o trabalho do outro. Isso implica que cada um faça sua atribuição de forma bem feita. Busque desempenhar sua função com vigor e alcançar um resultado sempre satisfatório. Esse passo é importantíssimo para evitar acidentes de trabalho. Fazer bem feito garante a certeza de que nada pode dar errado – a não ser diante de causas naturais.

Todo trabalho é importante, mas a saúde do trabalhador deve vir em primeiro lugar. Compete às empresas proporcionar todas as condições de segurança para evitar riscos até mesmo em funções mais simples. Você conhece alguém que já sofreu um acidente de trabalho? Qual dessas recomendações não foi exatamente seguida? Deixe nos comentários.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.